A Intrínseca promete repetir o efeito Pax de derreter o coração de dez entre dez leitores com Robô Selvagem, de Peter Brown, lançamento de junho da editora. A Intrínseca já publicou outros dois livros do autor, Sr. Tigre Solto na Selva (que ganhou o selo de leitura Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e Minha Professora é um Monstro (eleito um dos melhores livros infantis de 2016 na revista Crescer), além de O Jardim Curioso que saiu pela WMF Martins Fontes. Previsto para o dia 08 de junho, o livro tem tradução de Marina Vargas.

Tradução: Marina Vargas | Páginas: 288 | Pré-venda disponível na Amazon

Sinopse: Peter Brown sempre foi fascinado por robôs e pela natureza, e depois de anos imaginando, escrevendo e desenhando, ele deu vida a Roz, uma robô que, ao abrir os olhos pela primeira vez, se vê sozinha numa ilha.

Ela não tem a menor ideia de como foi parar ali, mas foi programada para sobreviver. Depois de suportar uma tempestade intensa e escapar de ursos furiosos, ela se dá conta de que sua única esperança é se adaptar ao ambiente, e vai ter que aprender isso com os nada simpáticos animais que habitam a ilha.

Tudo parece melhorar quando Roz consegue, aos poucos, se aproximar dos bichos e criar um laço inquebrável com um filhote de ganso abandonado. Mas sua natureza é diferente, e o misterioso passado da robô, que a levou àquele ambiente selvagem, está prestes a retornar para assombrá-la.

Robô selvagem é uma história comovente e cheia de aventuras sobre o que acontece quando a natureza e a tecnologia colidem inesperadamente, como os humanos afetam o mundo ao nosso redor e o que significa estar vivo.