A Aleph vai lançar o clássico russo Piquenique na Estrada, romance escrito pelos irmãos Arkádi e Boris Strugátski, originalmente publicado em 1977 na antiga União Soviética. Uma curiosidade é que o romance foi publicado na revista russa Аврора (Avrora) censurado e somente após o fim da URSS, é que foi publicada uma versão fiel à história original feita pelos Strugátski.

A edição da Aleph tem tradução de Tatiana Larkina e sairá em capa dura no mês de novembro.

Sinopse: A cidade de Harmont está mudada. Desde que foi palco de uma das várias invasões alienígenas na Terra, o clima é de incerteza e medo. Os visitantes anônimos não se comunicaram com os terráqueos, e assim deixaram a humanidade com questionamentos aterradores. Nos locais onde eles estiveram, agora zonas proibidas, fenômenos perigosos continuam acontecendo. O trabalho ilegal de Redrick Schuhart, e de todos os outros stalkers, é invadir esse território para coletar e depois comercializar estranhos e misteriosos objetos trazidos de mundos distantes. Publicado pela primeira vez em 1971 na União Soviética, Piquenique na estrada mistura alusões à Guerra Fria e reflexões sobre a insignificância humana. Adaptado para os cinemas no filme Stalker, de Andrei Tarkóvski, é um dos maiores clássicos da ficção científica no leste europeu.