Depois de lançar Contos da Imensidão e relançar O Conto da Aia, a Rocco prepara para este mês mais um livro de Margaret Atwood. Vulgo Grace é uma história inspirada numa pessoa real, Grace Marks, condenada por ter ajudado a assassinar o patrão e a governanta da casa em que morava, em Toronto no século XIX. A reedição, que traz o novo projeto gráfico criado para as obras da autora, chega próximo ao lançamento de Alias Grace, adaptação para a televisão feita pela CBC no Canadá e distribuída mundialmente pela Netflix.

Páginas: 512 | Tradução: Geni Hirata | Pré-venda disponível na Amazon

Sinopse: Depois de O conto da aia, que deu origem à prestigiada série The handmaid’s tale e alcançou o status de bestseller mais de 30 anos após a publicação original, outro romance de Margaret Atwood vai ganhar as telas, desta vez pela Netflix, e volta às prateleiras com nova capa pela Rocco. Inspirado num caso real, Vulgo Grace conta a trajetória de Grace Marks, uma criada condenada à prisão perpétua por ter ajudado a assassinar o patrão e a governanta da casa onde trabalhava, na Toronto do século XIX. Com uma narrativa repleta de sutilezas que revelam um pouco da personalidade e do passado da personagem, estimulando o leitor a formar sua própria opinião sobre ela, Atwood guarda as respostas definitivas para o fim. Afinal, o que teria levado Grace Marks a cometer o crime? Ou será que ela estaria sendo vitima de uma injustiça?