A Darkside divulgou via release que lançará em maio o livro Menina Má, de William March (não confunda com o Travessuras da Menina Má, escrito pelo Mario Vargas-Llosa e editado no país pela Alfaguara 😉 ), publicado originalmente em 1954. A publicação desse livro hoje no Brasil pode ser considerada um verdadeiro resgate de um dos livros de suspense psicológico mais influentes do século XX, afinal, é uma história que brinca com o conceito do quão inocente uma criança realmente é e o que há por trás das aparências, conceitos que foram reaproveitados por várias outras histórias posteriormente, como em Annabelle e em O Brinquedo Assassino (aka filme do Chuck).

Elogiado por autores como Ernest Hemingway, um dos principais autores do século XX e autor de O Velho e o Mar, Menina Má já foi adaptado para o cinema, ainda em 1956, e além de chocar a sociedade da época, tal qual o livro, foi elogiado pela crítica e levou quatro indicações ao Oscar, incluindo para a de melhor atriz para a jovem Patty McComarck, que interpretava a Rhoda Penmark.

Com tradução de Simone Campos, a edição seguirá o padrão Limited Edition da editora, ou seja, acabamento luxuoso e capa dura, preparada para arrancar o dinheiro do seu bolso. Confira a capa e a sinopse.

capa-menina-ma_02

Sinopse: Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.

Menina Má é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.

O romance de William March, que chega as livrarias em 2016, é ainda uma excelente dica de leitura para os fãs da coleção Crime Scene, da DarkSide Books, que investiga casos reais de psicopatas. A ficção nunca antes foi tão assustadoramente real como em Menina Má.