Em 13 de novembro de 1974, a polícia do condado de Suffolk foi surpreendida por um crime que chocou os Estados Unidos: Ronald Defeo Jr. matou seus pais e seus quatro irmãos com tiros nas costas, dizendo que foi influenciado por vozes que ouvia em sua cabeça. Boatos se espalharam e a população começou a tecer uma série de teorias sobre fatos, no mínimo curiosos, do caso, como o porquê de todas as vítimas estarem de bruços ou como ninguém acordou com os barulhos dos tiros.

Para mim, o que existiu nesta casa, foi com certeza de natureza negativa. Não teve nenhuma relação com alguém que em outras vidas caminhou na terra em forma humana. É algo que surgiu das entranhas da terra. — Lorraine Warren

Treze meses depois dos homicídios, a família Lutz resolve recomeçar a vida em uma nova casa extremamente barata que comprou. Nem um mês depois, a família fugiu aterrorizada deixando boa parte de seus pertences para trás, afinal, vários eventos aconteceram e tudo indicava que uma presença maligna habitava a casa.

amityville-livro-darkside-books-caso-02 amityville-livro-darkside-books-caso-01

Investigado por uma série de investigadores paranormais, inclusive pelo casal Warren, os detalhes do que aconteceu foram reunidos em um dos mais impressionantes relatos paranormais (não ficção, aliás), escrito por Jay Anson, que chega agora ao Brasil pelas mãos da Darkside Books, com o título de Amityville.

Famoso por inspirar o clássico do cinema de terror, Horror em Amityville, de 1979, dirigido por Stuart Rosenberg, o livro chega às livrarias no dia 1 de outubro, com acabamento gráfico de tirar o fôlego e tradução de Eduardo Alves, iniciando o mês de aniversário da Caveirinha.

amityville-livro-darkside-books-capa-02

Link para a pré-venda do livro na Amazon 🙂

Sinopse: Depois de passar algumas décadas fechada, a propriedade no número 112 da Ocean Avenue no subúrbio de Nova York finalmente abre as portas para os leitores da DarkSide® Books. Cercada pela natureza, com janelas amplas e uma sacada espaçosa, ela poderia ser uma casa de bairro tranquila como todas as outras, não fosse seu passado devastador e sangrento. Em 1975, George e Kathleen Lutz resolveram recomeçar a vida em uma nova residência que compraram por uma pechincha. Vinte e oito dias depois, os cinco membros da família fugiram aterrorizados, deixando a maior parte de seus pertences para trás. Estranhos eventos começaram a acontecer, afetando a vida dos Lutz e indicando que uma presença maligna habitava a casa. Embora tenha sido amplamente divulgada pela mídia, em especial nos jornais e nas revistas da época, muitas vezes de maneira sensacionalista, a história da casa nunca havia sido contada com riqueza de detalhes — até Jay Anson decidir reconstruí-la e transformar seu livro de não-ficção em um dos relatos paranormais mais importantes e conhecidos de todos os tempos. Baseado nas experiências sobrenaturais reportadas pelos Lutz durante o mês de dezembro de 1975 e o começo de janeiro de 1976, Amityville é um dos livros mais aguardados pelos leitores da Caveirinha. Por isso mesmo, muito mais do que dar apenas aquela demão de tinta, a DarkSide® Books vai fazer uma reforma completa na casa, apresentando a sombria construção em detalhes, do quarto secreto no porão às verdadeiras manchas nas portas e nas paredes escondidas pelas tintas do tempo — tudo exatamente como aconteceu, com todos as entidades e vozes que habitaram o sótão, o porão e demais cômodos da casa —, em uma edição assustadora e com o cuidado quase sobrenatural da editora mais dark do Brasil. Adaptada várias vezes para o cinema e contando também com diversos spin-offs, a história de Amityville hoje é amplamente conhecida e é considerada um dos mais importantes relatos sobre casas mal-assombradas da cultura popular.

Uma história que me persegue até hoje. — James Wan, diretor e produtor de Invocação do Mal e Jogos Mortais

Sobre o autor: Jay Anson nasceu em 4 de novembro de 1921, em Nova York. Escritor e roteirista de diversos curtas de documentários, sua fama chegou ao ápice com Amityville, publicado originalmente em 1977. Após isso, chegou a escrever 666, livro que também lidava com a temática de casas mal- -assombradas. Faleceu em 12 de março de 1980, aos 58 anos.