Inspirado por este vídeo da Úrsulla, do Poison Books, aí de cima, resolvi separar três livros e autores publicados pela Darkside Books que foram indicados pelo Stephen King e que eu também gostei (como se alguém ligasse para a minha opinião depois da indicação do King, não é mesmo?).

Mary Shelley

>>Disponível na Amazon.com.br<<

Considerado o marco fundador da ficção científica, Frankenstein, ou O Prometeu Moderno, é um livro simplesmente espetacular. Todas as reflexões levantadas por Shelley continuam a dialogar com os nossos dilemas de hoje, e a sua prosa é deliciosa de se ler.

King considera este livro uma das três grandes obras do terror, tecendo elogios constantes a ela, dado a sua importância, e a coloca ao lado de Drácula e de O Médico e o Monstro. Além disso, este livro é a base para um dos romances mais recentes do autor, Revival.

Sinopse: Duzentos anos após sua criação, Frankenstein continua vivo – e mais atual do que nunca. Conheça a história original, com toda a sensibilidade e o terror que o cinema nunca conseguiu mostrar. Um cientista obcecado que desafia as leis da natureza e põe em risco a vida daqueles que ama. Uma criatura quase humana que deseja ser um de nós, mas só encontra medo, ódio e morte pelo caminho. A obra-prima de Mary Shelley que deu origem ao terror moderno está de volta, numa edição monstruosa como só a DarkSide Books poderia lançar: capa dura, tradução primorosa, ilustrações inéditas do artista brasileiro Pedro Franz, além de quatro contos extras que versam sobre o mesmo tema do romance. Impresso em duas cores: preto e sangue. Um livro que todos deveriam ler e reler ao longo da vida. A edição definitiva para se guardar para sempre.

Clive Barker

>> Disponível na Amazon.com.br <<

“Eu vi o futuro do horror, seu nome é Clive Barker.” -Stephen King

Um dos autores contemporâneos mais elogiados por King é, sem sombra de dúvida, Clive Barker, e não é difícil perceber o porquê disso. A escrita de Barker é sanguinolenta, fluída, aterrorizante e, acima de tudo, extremamente visual.

Certas cenas de Hellraiser provavelmente vão ficar para sempre marcadas na sua memória e não é para menos. Mais informações sobre os livros do autor lançados pela Darkside Books no Brasil podem ser lidas aqui e aqui.

Andrew Pyper

>> Disponível na Amazon.com.br <<

Com até citação do autor na capa de Os Condenados, King aposta em Andrew Pyper como o novo nome do terror clássico e, embora não seja o mais árduo defensor do trabalho dele, concordo com a opinião de King.

A especialidade de Andrew Pyper em te prender naquela narrativa é grande, ainda mais a de criar um terror que não te faz pular com um susto ou de te fazer dormir de luz acesa, mas que cria um ambiente opressivo, cuja tensão é palpável e cresce a cada página.