Hoje, dia 07 de abril, é comemorado o dia do jornalista, essa profissão tão fundamental para a base de qualquer sociedade, ainda mais uma em que a realidade é bombardeada constantemente por “fatos alternativos”. Para prestar nossa homenagem, selecionamos 5 livros de jornalismo literário para indicar a leitura.

Para aqueles que desconhecem o termo, o jornalismo literário é um gênero em que o jornalismo se mistura com a literatura e, como resultado dessa união, temos reportagens profundas e detalhistas, que se focam em todas as nuances do tema que se propõe a tratar.

// A SANGUE FRIO, DE TRUMAN CAPOTE //

Disponível na Amazon

A primeira indicação da lista é justamente um dos pioneiros do gênero: A Sangue Frio, de Truman Capote. No livro, definido pelo próprio Capote como um romance de não-ficção, o premiado escritor de Bonequinha de Luxo se debruça sobre a história da morte da família Clutter, no Kansas, e dos autores da verdadeira chacina.

Esse livro-reportagem foi publicado inicialmente como uma matéria em quatro partes na revista The New Yorker, que chamou uma atenção absurda na época pela quantidade de novos detalhes que Capote trouxe para um caso ocorrido há quase seis anos.

// SPOTLIGHT, DE BOSTON GLOBE //

Disponível em ebook na Amazon

Escrito pela equipe investigativa do jornal The Boston Globe, Spotlight – Segredos Revelados é o resultado de uma série de reportagens publicadas nesse jornal em janeiro de 2002 em que os jornalistas expunham o abuso sexual que centenas de crianças de Boston sofreram por parte de padres e que eram acobertados pela Igreja Católica.

O impacto e a qualidade dessa matéria garantiram a essa equipe o prêmio Pulitzer e um longa-metragem homônimo, ganhador do Oscar de melhor filme e de melhor roteiro original, que mostra como se deu todo o processo investigativo na época.

// A Arte do Descaso, de Cristina Tardáguila //

Disponível na Amazon

Estreia literária da premiada jornalista, A Arte do Descaso vai se aprofundar em uma investigação sobre um roubo praticamente esquecido, mas que deveria ser lembrado: o de cinco obras de arte, sendo um Dalí, um Matisse, um Monet e dois Picassos, cujo valor ultrapassa os 10 milhões de dólares, do Museu da Chácara do Céu, no Rio de Janeiro.

Executado durante o Carnaval, o roubo se une a mais uma série de roubos de obras de arte que foram praticamente ignorados pelas autoridades. Ao contrário de outros, o livro não é tão extenso, não por demérito da jornalista, mas por conta da investigação pífia por parte da polícia, já que é Tardáguila que lança luz sobre muitos fatos do crime e se aprofunda o máximo possível no tema. Uma leitura rápida e recomendadíssima a todos.

// A Mulher Calada e O Jornalista e o Assassino, de Janet Malcolm //

Disponível na Amazon

Um dos meus livros favoritos do gênero, A Mulher Calada é fruto de uma extensa pesquisa de Malcolm sobre todas as biografias já escritas sobre Sylvia Plath e parte dos arquivos da família da poeta. Além de traçar importantes pontos sobre o fim da vida de Sylvia Plath e a briga judicial entre os Hughes e os Plath, o livro questiona sobre até que ponto um biógrafo deve expor a vida dos outros e sobre o quanto de verdade resta nas histórias que os que ficaram contam sobre os que já se foram.

Disponível na Amazon

Outro livro importante para a história do jornalismo literário também foi escrito por Janet Malcolm (essa mulher <3 ). O Jornalista e o Assassino se debruça sobre um processo no mínimo curioso: um médico, condenado pelo assassinato da esposa e das filhas, processa um jornalista que escreveu um livro sobre ele, baseando-se em entrevistas feitas durante a prisão e o julgamento.

Partindo desse ponto, a autora começa a falar sobre o que é, na realidade, a ética do jornalismo e a liberdade de imprensa, questionando a própria prática jornalística e sobre a relação de poder entre entrevistador e entrevistado. Recomendadíssimo, ainda mais para quem cursa qualquer curso de comunicação ou tem interesse pelo tema!

Essa lista está longe de contemplar todas as principais obras do jornalismo literário que estão disponíveis atualmente nos catálogos das principais editoras do tema. Dessa forma, a lista foi composta  com base nos livros que já li e que indicaria para quem está começando a ler obras do gênero. 🙂